CasaCor Rio apresenta novas formas de morar e trabalhar - Divulgação
CasaCor Rio apresenta novas formas de morar e trabalharDivulgação
Por Marina Cardoso

Rio - A Casacor Rio apresenta as novidades de ornamentação na mostra deste ano, que acontece até 4 de novembro, na Glória, em uma área de 6 mil metros quadrados. Na exposição de 42 ambientes assinados por 72 profissionais, visitantes podem conferir novas alternativas de espaços para morar e trabalhar. Destaque para os colivings, tendência urbana de espaços compartilhados entre moradores diferentes. Também há opções de estúdios e apartamentos feitos sob medida para os clientes.

"A CasaCor Rio está sempre antenada com os movimentos do morar atual. E, mais uma vez, apresenta um mix de espaços que mostram os caminhos que a casa brasileira deve trilhar nos próximos anos", analisa Patricia Mayer, sócia-diretora da mostra.

Nesta edição da CasaCor, o destaque vai para o andar dedicado ao coliving. Nesses ambientes, as áreas da cozinha e horta são compartilhadas entre os moradores, num modelo mais sustentável de moradia, que deve ser tendência nos próximos anos. No ambiente, é possível conhecer diferentes projetos de quartos e estúdios nesse estilo de moradia.

Na mostra, há ainda opções de decoração para os apartamentos, com diferenciais que se adequam a formas de convivência contemporâneas. Há um exemplo para um casal que 'dividiu' a moradia em duas: de uma lado, tudo decorado do jeito dele. Do outro, as preferências dela. Outro exemplo é o Quarto do Historiador, com objetos e livros que remetem à história da França, num espaço de 15 metros quadrados. Para demarcar o ambiente de dormir, a arquiteta utiliza um acabamento em laca cinza que sobe pela parede lateral, passa pelo teto, por cima da cama, e desce do lado oposto, emendando no closet.

"É importante ter o serviço de um decorador profissional, pois ele chegará a soluções certeiras em espaços reduzidos, onde qualquer centímetro fará diferença", explica Lia Lamego.

Há, ainda, projetos para espaços de estar e ambientes de estudo na mostra.

Teto decorado vira tendência

Os visitantes também podem encontrar ideias para repaginar a decoração de casa. Entre os exemplos, há tetos totalmente diferentes com tintas de cores fora do habitual, papel de parede e até painel fotográfico. O ambiente OffiCeo, assinado pelas arquitetas Aline Celles e Bethânia Rocha, apresenta uma pintura em um tom dourado claro. "O teto envolve muitas possibilidades de decoração. Mas devemos ter cuidado com o equilíbrio" afirma Bethânia.

Com relação ao painel fotográfico, a ideia surgiu para valorizar a criação do ambiente, com uma vegetação falsa no teto. "Eles podem ser usados para delimitar uma área. Porém, devem estar desnivelados em relação ao restante do teto", explica a arquiteta Ketlein Amorim, que assina a Suíte dos Filhos.

Horário

 

A mostra funciona de terça a sábado, das 12h às 21h, e domingo, das 12h às 20h. Os ingressos custam a partir de R$ 50. 

 

Você pode gostar