Especialistas dão dicas de como proteger o lar com a chegada do inverno

Moradores podem apostar em objetos para trazer aconchego e ter atenção aos cuidados da casa

Por Marina Cardoso

Especialistas dão dicas de como investir em uma decoração mais quentinha
Especialistas dão dicas de como investir em uma decoração mais quentinha -
Rio - Com a chegada do inverno, na última sexta-feira, os moradores podem preparar a casa com objetos mais quentinhos para decorar os espaços e deixá-los mais aconchegantes. Há, ainda, locais que até demandam esse tipo de ornamentação por serem lares com um clima mais frio. Para isso, arquitetas ouvidas pelo DIA dão dicas de como deixar o espaço pronto para quando a onda de frio chegar.
Segundo a arquiteta Denise Barretto, a casa fria tem materiais frios ou recebe pouco sol. “Sendo assim, a gente precisa reverter isso, fazendo com o que os materiais mantenham mais o pouco calor ou o pouco sol recebido”, explica.
Para isso, é interessante apostar em objetos para ajudar no aconchego do lar. Um dos materiais que pode ajudar é a madeira. “Além disso, é interessante adicionar outros elementos mais quentes à decoração, como cortinas encorpadas e tapetes de lã”, afirma Denise.
A arquiteta Paula Passos acrescenta, ainda, que os melhores tapetes para esta estação são mais altos, pois trazem sensação de acolhimento no frio. “Além disso, ainda indico o emprego de mantas na decoração. Pois, além de contribuir na decoração dos cômodos, o objeto ainda pode cobrir o morador na hora de assistir televisão, por exemplo”, afirma a especialista.
A cor também é um fator importante para contribuir para um lar mais quente. Por isso, vale apostar também em tons terrosos, como vermelhos, amarelos e laranjas, pois ajudam a esquentar a residência. “Pintar as paredes com tonalidades quentes trazem um acolhimento de tal forma que o ambiente vai parecer mais agradável”, explica Denise.
Vedação de janelas e portas
Há, ainda, outros pontos importantes aos quais os moradores devem estar atentos para proteger a casa durante a estação mais fria do ano. Para isso, a arquiteta Danielle Dantas explica a necessidade de se prestar atenção nas portas e janelas. "Os moradores devem olhar cuidadosamente para ver se as mesmas estão vedadas corretamente, pois assim se evitar a entrada de rajadas de ventos frios”, explica ela.
Por último, para não deixar a residência muito fria, outra indicação é evitar a ventilação cruzada nesta época do ano. Essa ventilação ocorre quando há aberturas, janelas ou porta, de determinado empreendimento, que ficam em paredes opostas ou adjacentes, fazendo com que o ar circule com mais velocidade pela casa.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários