Casal líder de milícia sendo preso. - Foto: Imagem retirada de vídeo
Casal líder de milícia sendo preso.Foto: Imagem retirada de vídeo
Por O Dia
Itaboraí - Foi preso hoje no Rio, no Recreio dos Bandeirantes, um casal acusado de liderar uma milícia em Itaboraí. O casal é conhecido como Tia Rose e Negão, 48 e 43 anos.

Segundo o levantamento da redação do Jornal O DIA Itaboraí, Policiais da DRACO participaram sob o comando do Delegado William Pena Jr. Os acusados foram denunciados através do DISQUE-DENÚNCIA.

O casal liderava a milícia impondo poder através de homicídios e bodes expiatórios. Negão contava com sua mulher que gerenciava as finanças e o controle de armas.

Em 2018 uma mulher grávida de 2 meses perdeu o bebê. Um casal havia sido espancado na frente de suas duas filhas porque milicianos suspeitavam que eles haviam vendido informações da milícia para bandidos da região.

As vítimas tiveram que fugir de Itaboraí através de ameaças. Procuraram a Polícia Civil e em depoimento relataram que os milicianos chegaram por volta das 23 horas, mandaram todos se retirarem da casa, algemaram as vítimas e as espancaram.
Chegou a ser oferecido recompensa de R$1.000,00 para o paradeiro do casal no portal dos procurados.