Familiares de homem preso por assalto dizem que ele estava trabalhando na hora do crime

Eles afirma que ele estava trabalhando na Farmácia e que foi preso injustamente

Por O Dia , O Dia

Acusado
Acusado -
Itaboraí - Um homem de 28 anos, identificado como Jefferson Guedes Carlino, de 28 anos foi preso por um crime que aconteceu dia 29 de maio de 2015 em Itaboraí, ele foi acusado de participar de uma "saidinha de banco".

Sua família garante que ele estava trabalhando num farmácia no Rio de Janeiro no bairro de Copacabana no mesmo horário que o crime aconteceu.

Toda a família de Jefferson, está empenhada para reunir documentos para provar que ele foi preso e condenado injustamente.

A família teve acesso ao registro dos pontos dos funcionários desta farmácia e segundo a mesma, Jefferson tem registro de ponto, eles seguem no objetivo de mostrar que neste caso a justiça errou.

Comentários