Prefeitura de Itaboraí busca parcerias para reabertura de Colégio Agrícola - Foto: Divulgação
Prefeitura de Itaboraí busca parcerias para reabertura de Colégio AgrícolaFoto: Divulgação
Por O Dia
Itaboraí - Há oito anos fechado, o Colégio Estadual José Soares Junior, em Quissamã, poderá retornar as atividades. A Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca de Itaboraí realizou duas agendas importantes para viabilizar a melhor maneira de reabrir a escola agrícola.

Na primeira, o secretário municipal da pasta, Abílio Pereira acompanhado dos técnicos da Secretaria estiveram com o secretário estadual de Educação, Comte Bittencourt, apresentando um estudo do potencial agrícola da região de Itaboraí.

A segunda agenda, foi buscar apoio do legislativo estadual, através do deputado estadual Waldeck Carneiro, presidente da comissão de Ciência e Tecnologia e membro titular da comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), que se prontificou em defender a volta da unidade escolar técnica.

“O colégio agrícola já proporcionou muitas oportunidades de emprego e geração de renda aos jovens de Itaboraí. Vamos concentrar todos os nossos esforços, buscar parceiros em todas as esferas, para que volte a funcionar”, explicou o secretário de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Abílio Pereira.

Fundado em 1990, o Colégio Estadual Agrícola José Soares Junior atendia cerca de 120 alunos, que se formavam como técnicos em agropecuária. A grade curricular contava com disciplinas na área de Laticínios, Compotas, Paisagismo, Cunicultura, Avicultura, Coturnicultura, Piscicultura e Avicultura.

A unidade conta ainda com uma completa infraestrutura com salas de aula, refeitório, biblioteca, banheiros, secretaria, sala de professores e direção, o espaço conta com laboratórios de solos, análise foliar, aquicultura, processamento de alimentos e informática.