Demora na decisão da prefeitura quanto a afrouxamento acabou beneficiando a cidade - Reprodução internet
Demora na decisão da prefeitura quanto a afrouxamento acabou beneficiando a cidadeReprodução internet
Por Jupy Junior
ITAGUAÍ - A prefeitura de Itaguaí divulgou hoje, em uma postagem no Facebook às 18h30, que o decreto municipal 4.463 ainda está em vigor. Isso significa que na cidade se mantém o que já havia sido determinado desde 24 março: as restrições para abertura de lojas, medidas sanitárias, obrigatoriedade do uso de máscaras e proibição de aglomerações. O decreto prorrogou o estado de emergência no município até o dia 17 de junho.
Uma reunião realizada hoje (9) entre o Gabinete de Crise e o Ministério Público Estadual teve como objetivo planejar a retomada gradual das atividades. Segundo a prefeitura, os promotores fizeram sugestões que serão incorporadas ao plano original. Na próxima semana, em nova reunião, será decidido em que medida seguir o plano de reabertura, a depender dos indicadores de saúde da cidade. Até lá, tudo se mantém como está.
Publicidade
Uma certa demora na decisão de abrir ou não o comércio e afrouxar as medidas protetivas contra o Covid-19 acabou por beneficiar Itaguaí, que não experimentou o abre-não abre que virou disputa judicial no governo do estado. O governo municipal só tomará uma medida concreta com a concordância do Ministério Público Estadual.