Fuzil apreendido depois de intenso tiroteio no Engenho, na madrugada de sábado (4) para domingo (5) - Divulgação
Fuzil apreendido depois de intenso tiroteio no Engenho, na madrugada de sábado (4) para domingo (5)Divulgação
Por O Dia
ITAGUAÍ – Em troca de tiros com a polícia na madrugada de sábado (4) para domingo (5), morreu o chefe do tráfico no Engenho, conhecido como “Tica” ou “TCK”, de 31 anos. Segundo a polícia militar, ele também realizava roubo de cargas nas proximidades do Engenho. No incidente, foram apreendidos um fuzil Ruger nato mini 14, com numeração raspada, um rádio transmissor, 15 munições e um carregador.
Agentes do 24º BPM, em patrulhamento, avistaram dois homens em uma motocicleta preta, um deles portando um fuzil. Ao perceber que foram vistos, o homem começou a atirar e os policiais revidaram. Na perseguição, um dos homens foi encontrado caído mais adiante. O comparsa conseguiu fugir. Segundo informações da polícia, o homem é Tica ou TCK. O material apreendido foi encontrado ao lado do seu corpo.
Publicidade
Durante a ação, conforme relataram os policiais, outros elementos saíram da comunidade do Engenho para resgatar o chefe, atirando contra a viatura da PM e os agentes, que chamaram reforços com urgência.
Tica ainda foi atendido no hospital São Francisco Xavier, mas não resistiu aos ferimentos.
Publicidade
Depois de relatar os fatos na 50 DP, em Itaguaí, os policiais encaminharam-se à 52ªDP (Nova Iguaçu) para apresentar a ocorrência e apreensão do material.