Escola Municipal Prefeito Otoni Rocha, da rede pública de Itaguaí: volta às aulas presenciais ainda não tem data - Divulgação - Prefeitura Municipal de Itaguaí
Escola Municipal Prefeito Otoni Rocha, da rede pública de Itaguaí: volta às aulas presenciais ainda não tem dataDivulgação - Prefeitura Municipal de Itaguaí
Por Jupy Junior
ITAGUAÍ – A secretaria municipal de Cultura e Educação (Smec), por meio da assessoria de imprensa da Prefeitura de Itaguaí, disse em nota que tem como objetivo “pensar um retorno consciente que garanta a saúde de todos os envolvidos na comunidade escolar”. A fim de atender a curiosidade a respeito dos impactos que o decreto anunciado pelo governador Wilson Witzel poderia ter no munícipio – o governo do estado publicou decreto no dia 19 marcando a volta das aulas presenciais na rede pública para o dia 5 de outubro – a prefeitura decidiu apresentar sua visão sobre o tema. E não há data para o retorno, é o que diz a nota.
GRUPO DE TRABALHO
Ainda de acordo com a nota enviada pela prefeitura, a secretaria de Educação e Cultura de Itaguaí instituiu um Grupo de Trabalho (GT). Tal grupo é uma orientação do Ministério Público - mais especificamente a 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Saúde da Região Metropolitana I – que enviou material no mês passado aos conselhos municipais de educação do estado e para as secretarias de educação com indicações de como um possível retorno às aulas presenciais deveria ser feito. O GT é composto por membros que representam o governo municipal, a Câmara Legislativa, o Sindicato Estadual do Profissionais da Educação (Sepe) e as escolas particulares de Itaguaí.
Publicidade
A representante do Sepe Itaguaí – Valéria Cristina Rezende Lobo - foi nomeada somente no dia 19 de agosto, conforme publicação no Jornal Oficial número 850.
Publicação da nomeação do membro do Sepe: no dia 19 de agosto - Reprodução internet - Jornal Oficial de Itaguaí número 850
Publicidade
REUNIÃO E LINK
O Sepe, portanto, faz parte do GT somente a partir do dia 19. A primeira reunião com a participação da representante do Sepe municipal seria no dia 21, pois, de acordo com publicação no Facebook da Smec, uma reunião já tinha acontecido no dia 14 de agosto. A prefeitura não divulgou ata ou qualquer teor das discussões. Outra reunião (virtual) aconteceu no dia 21 de agosto, mas o Sepe só recebeu o link para participar às 14h19, e o horário marcado para o encontro na internet era 14h.
Reunião do GT no dia 14 de agosto: sem ata divulgada - Reprodução internet - Facebook da Smec
Publicidade
FASES PARA A VOLTA
Ainda de acordo com a nota da prefeitura, a volta às aulas presenciais vai ocorrer somente “depois de um Plano de Retomada” em que se definirão ações. Prossegue a nota: “Tais ações serão divididas em fases que tratarão da organização das escolas, da adequação dos protocolos de saúde, das formações para os servidores e das orientações para os discentes e suas famílias. Somente após concluídas todas as fases, poderemos estabelecer uma data para o retorno às aulas presenciais”.