Apreensão em outubro: fiscais continuam a procurar material importado ilegal no Porto de Itaguaí - Divulgação - Receita Federal
Apreensão em outubro: fiscais continuam a procurar material importado ilegal no Porto de ItaguaíDivulgação - Receita Federal
Por Jupy Junior
ITAGUAÍ - Operação realizada na sexta (27) e conduzida pela Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Superintendência da Receita Federal do Brasil na 7ª Região Fiscal resultou na apreensão de cerca de 65 mil aparelhos de TV Box no Porto de Itaguaí. Os equipamentos, produzidos na China, estavam acondicionados em seis contêineres, e seriam importados pela mesma empresa. A fiscalização da Receita Federal constatou que os aparelhos continham aplicativos para reprodução ilegal de filmes e de canais de TV fechada, o que torna sua importação e comercialização no país proibida.
Essa nova operação é continuidade de trabalho efetuado desde setembro do corrente ano, e já resultou na apreensão de mais de 600 mil aparelhos de TV Box só no estado do Rio de Janeiro, um prejuízo estimado de mais de R$ 450 milhões para organizações criminosas que atuam na exploração do serviço ilegal de reprodução de filmes e de conteúdo de TVs pagas.