A vacinação do primeiro grupo prioritário está prevista para começar nesta quarta-feira (20). - Foto: divulgação/PMI
A vacinação do primeiro grupo prioritário está prevista para começar nesta quarta-feira (20).Foto: divulgação/PMI
Por Lili Bustilho
ITAPERUNA - Às vésperas de completar 55 anos de inauguração, o monumento do Cristo Redentor, em Itaperuna, no Noroeste Fluminense - o segundo maior do estado do Rio - foi o cenário escolhido para a cerimônia simbólica da campanha de imunização contra a Covid-19, que ocorreu ao final da tarde desta terça-feira, 19. A Secretaria Municipal de Saúde deu o pontapé inicial ao ato poucas horas depois da chegada das unidades da vacina CoronaVac, na cidade, e aplicou a primeira dose em duas pessoas.

Nizete Pereira, de 75 anos, foi a primeira a receber a vacina. De dentro da van da instituição e acompanhada por uma equipe médica e de enfermagem, dona Nizete mostrou uma grande felicidade ao entrar para a história. Ela mora há 4 anos na Associação Santo Antônio dos Pobres, asilo.

Nilda da Costa, de 68 anos, foi a segunda a receber a primeira dose. Ela trabalha no Centro de Saúde Dr. Raul Travassos há 30 anos como auxiliar de enfermagem. “Estou muito feliz, realizada, agradecida e que seja uma benção na minha vida e na vida de todos que tomarem e, se Deus quiser, estaremos livres dessa máscara”, ressaltou Nilda. Ambas receberão a segunda dose no próximo mês.

Para o prefeito Alfredo Paulo Marques Rodrigues, o Alfredão, esse é um momento que entra para a história. “É um momento histórico recebermos hoje a vacina em Itaperuna. Esse é um sonho de todos nós. Agora vamos cumprir rigorosamente o cronograma daquelas pessoas de mais idade internadas e da parte hospitalar também. É o início de uma caminhada que será muito importante não só para o município, mas para a região e para o mundo”, disse.

Itaperuna recebeu 1.020 para esta primeira fase e tem a meta de vacinar 969 pessoas. A vacinação do primeiro grupo prioritário está prevista para começar nesta quarta-feira (20). O município já registrou 16.874 casos de Covid-19 e 152 mortes.
Nilda da Costa, de 68 anos, foi a segunda a receber a primeira dose. - Foto: divulgação/PMI
Nilda da Costa, de 68 anos, foi a segunda a receber a primeira dose.Foto: divulgação/PMI
Publicidade
Após um ano da pandemia do novo coronavírus, foi um dia histórico para o município de Itaperuna.  - Foto: divulgação/PMI
Após um ano da pandemia do novo coronavírus, foi um dia histórico para o município de Itaperuna. Foto: divulgação/PMI
 
Publicidade