No Noroeste Fluminense o trabalho é feito na unidade de Itaperuna
No Noroeste Fluminense o trabalho é feito na unidade de ItaperunaFoto: reprodução internet
Por Lili Bustilho
Para ajudar as empresas do setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do estado do Rio de Janeiro a cumprir a Lei de Aprendizagem, o Senac RJ oferece cursos profissionalizantes voltados para a capacitação de Jovens Aprendizes. As ofertas, em diversas áreas, são gratuitas para as empresas contribuintes do Senac RJ e do Sesc RJ. O Programa Jovem Aprendiz do Senac RJ capacita uma média de 10 mil jovens por ano e atende mais de 3 mil empresas. No Noroeste Fluminense o trabalho é feito na unidade de Itaperuna. 

Há cursos disponíveis nas áreas de Serviços Administrativos, Serviços de Vendas, Serviços de Supermercados, Serviços Hoteleiros, Serviços de Lanchonete, Serviços de Atendimento em Postos de Combustíveis e Serviços de Restaurante. Para participar, a empresa abre as vagas conforme sua necessidade e seleciona os jovens, com idade entre 14 e 24 anos que estejam matriculados ou que já tenham concluído o Ensino Médio. Em seguida, esse jovem é inscrito em um dos cursos de Aprendizagem do Senac RJ onde recebe formação técnico-profissional. Atualmente, devido à pandemia, os cursos são ministrados online e têm carga horária média de 1200 horas, sendo 480 horas teóricas. Em paralelo, o aluno realiza experiência prática na empresa contratante. Além de adquirir o conhecimento técnico, os jovens aprendizes do Senac RJ são preparados para trabalhar em equipe, com ética e responsabilidade.

As empresas que precisam de um apoio na seleção dos jovens profissionais também podem contar com o Senac RJ. A instituição oferece o serviço do Banco de Oportunidades que auxilia a empresa, gratuitamente, na divulgação das vagas e na captação de currículos. Mais informações pelo site www.bancodeoportunidades.com.br .

O Programa Jovem Aprendiz do Senac RJ é ofertado em 29 unidades do Estado do Rio de Janeiro, nas regiões Metropolitana, Noroeste Fluminense, Norte Fluminense, Baixadas Litorâneas, Serrana, Centro-Sul Fluminense, Médio Paraíba e Costa Verde. Mais informações pelo site: https://www.rj.senac.br/jovem-aprendiz/ ou e-mail [email protected]

Lei de Aprendizagem – A Lei de Aprendizagem (Nº 10.097/2000) determina que todas as empresas a partir de 7 empregados contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários cujas funções demandem formação profissional.