Perder peso para ganhar saúde e qualidade de vida

Programa de tratamento da obesidade da Secretaria de Saúde atende 30 pacientes, que redescobrem os benefícios físicos e emocionais de recuperar a boa forma

Por O Dia

O programa de tratamento de obesidade da Secretaria de Saúde de Macaé atende 30 pacientes, na busca da recuperação da qualidade de vida e autoestima
O programa de tratamento de obesidade da Secretaria de Saúde de Macaé atende 30 pacientes, na busca da recuperação da qualidade de vida e autoestima -
Macaé — A obesidade, não é de hoje, atingiu status de problema de saúde pública. O Programa de Obesidade da Secretaria de Saúde existe justamente para atacar essa questão, melhorando a qualidade de vida de 30 pessoas que lutam contra o excesso de peso.
"As sessões de alongamento, de hidroginástica e de exercícios respiratórios colaboram para eu ter maior disposição no dia a dia e combater minha hipertensão”, destaca Selmo Silva, de 50 anos. Há três anos no projeto, ele perdeu 28 quilos depois de passar por uma cirurgia bariátrica, de 136 para 108kg em maio deste ano.
Andreia Schuabb, fisioterapeuta há um ano no programa, alerta porém que a meta é conseguir que o paciente perca peso sem a necessidade da intervenção cirúrgica. “Mas havendo necessidade disso, o paciente é submetido ao procedimento cirúrgico, com acompanhamento pré e pós operatório”.
O programa de tratamento de obesidade da Secretaria de Saúde de Macaé atende 30 pacientes, na busca da recuperação da qualidade de vida e autoestima - Maurício Porão/Divulgação prefeitura de Macaé
Tânia Ribeiro, 53 anos, redescobriu os benefícios de uma vida mais saudável ao deixar 30 quilos também na mesa de cirurgia, e realizar a fisioterapia e demais cuidados no Programa de Obesidade. "Os exercícios na piscina são muito gratificantes. Minha falta de ar acabou”, comemora.
A manutenção dessa conquista é fundamental. Eis aí a grande relevância do trabalho de profissionais como Andreia, que observa uma melhora significativa dos atendidos, da vitalidade física à emocional: “Param de se queixar da falta de ar, adquirindo fortalecimento dos músculos, maior mobilidade física e elevação da autoestima”.
Para ingressar no tratamento é necessário ter a guia de referência/contrarreferência, encaminhada através de um profissional da rede municipal de saúde, com o IMC acima de 40kg/m². O paciente deve ir à recepção do Asilo (Rua Luiz Bellegard, sem número) e informar que deseja deixar o nome para participação do Programa de Tratamento da Obesidade, informando o telefone de contato. No dia agendado, deve comparecer à palestra para ter conhecimento do funcionamento do tratamento e levar a guia de indicação médica.

Galeria de Fotos

O programa de tratamento de obesidade da Secretaria de Saúde de Macaé atende 30 pacientes, na busca da recuperação da qualidade de vida e autoestima Maurício Porão/Divulgação prefeitura de Macaé
O programa de tratamento de obesidade da Secretaria de Saúde de Macaé atende 30 pacientes, na busca da recuperação da qualidade de vida e autoestima Maurício Porão/Divulgação prefeitura de Macaé

Comentários