Inscrições abertas para 1º Seminário sobre a Cannabis Medicinal de Macaé

Aberto ao público geral, evento será realizado nos próximos dias 14 e 15, das 9h às 17h, no Centro de Convenções

Por O Dia

1º Seminário sobre a Cannabis Medicinal acontecerá no Centro de Convenções de Macaé
1º Seminário sobre a Cannabis Medicinal acontecerá no Centro de Convenções de Macaé -
Macaé - As questões sobre a regulamentação e uso dos medicamentos à base da cannabis serão tratadas no 1º Seminário sobre a Cannabis Medicinal, realizada em Macaé, nos próximos dias 14 e 15, das 9h às 17h, no Centro de Convenções. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail saudecannabicamacae@gmail.com.
Aberto ao público em geral, o evento será promovido pela Prefeitura de Macaé, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Associação Brasileira para Cannabis (ABRA Cannabis). Na programação, serão apresentados e debatidos, por especialistas, os aspectos jurídicos e fisiológicos do uso medicinal da erva.

A regulamentação dos produtos à base de maconha no Brasil foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em dezembro de 2019. Com a decisão, produtos feitos com cannabis para uso medicinal podem ser vendidos em farmácias, mediante prescrição médica, e ficam sujeitos à fiscalização da agência. A ideia do encontro em Macaé é, justamente, discutir e ampliar a abordagem do assunto para que mais pessoas possam conhecer e serem beneficiadas.

Antes e depois - Segundo dados da Anvisa, antes da regulamentação, o paciente com indicação médica para o uso desses produtos precisava de autorização para importação. As farmácias não podiam vender os medicamentos, mesmo importados. Agora, o paciente poderá comprar os medicamentos direto nas farmácias.

O cultivo da planta em território brasileiro foi rejeitado, mas as empresas brasileiras poderão fazer essa produção, desde que comprem matéria-prima estrangeira semielaborada, e não da planta ou parte dela.

O regulamento exige que as empresas fabricantes tenham: certificado de Boas Práticas de Fabricação (emitido pela Anvisa); autorização especial para seu funcionamento; conhecimento da concentração dos principais canabinoides presentes na fórmula do produto; documentação técnica da qualidade dos produto e condições operacionais para realizar análises de controle de qualidade dos produtos em território brasileiro.

Veja a programação

Sábado - 14 de março

8h – Início do Credenciamento;

9h – Apresentação;

9h15 - História da maconha e questões psicossociais – Dr. Lauro Pontes (Doutor em Psicologia pela UERJ);

11h15– Aspectos Medicinais –Dr. Eduardo Faveret (Neurologista pediatra - Coordenador do Centro de Epilepsia do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer);

12h – Almoço;

13h – Aspectos Medicinais – Dr. Eduardo Faveret;

15h - Debates e Perguntas;

15h30 - Técnicas de cultivo em pequenos espaços – Bernardo Monteiro;

17h – Encerramento.

Domingo - 15 de março

9h – Fisiologia, botânica e técnicas de cultivo – Pedro Zarur e Daniel Zarur;

13h – Almoço;

14h – Pragas e outras questões agrícolas – Dennys Zsolt;

15h30 – Aspectos Jurídicos - Marcela Goldschimt e Lucia Lambert;

17h – Encerramento.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários