A medida entra em vigor através do decreto 34/2020 e reforça as medidas de evitar o contágio local da doença
 - Rui Porto Filho/Secom Macaé
A medida entra em vigor através do decreto 34/2020 e reforça as medidas de evitar o contágio local da doença Rui Porto Filho/Secom Macaé
Por O Dia
Macaé - A partir desta quinta-feira (19), a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), taxas e multas municipais está suspensa pela Prefeitura de Macaé, por prazo indeterminado, apenas para quem seguir a principal estratégia de combate a disseminação do coronavírus (Covid-19): evitar aglomerações.
A medida entra em vigor através do decreto assinado pelo prefeito Dr. Aluízio dos Santos e reforça as medidas de evitar o contágio local da doença. De acordo com o decreto, a suspensão do IPTU, taxas, como a de publicidade, e multas, como a de trânsito, não valerá para quem for observado em locais de aglomeração.
Publicidade
O texto considera tais locais como: praias, praças, parques, além de feiras, clubes e templos religiosos com mais de 100 pessoas. O objetivo principal da medida é buscar um equilíbrio econômico para a população, empresas e o comércio da cidade, que estejam cientes do risco de disseminação do coronavírus.
“Salvar a vida das pessoas é nossa prioridade. Mas precisamos ter a sensibilidade de buscar um equilíbrio, em um momento em que todos nós precisamos enfrentar essa doença”, disse o prefeito Dr. Aluízio.