Macaé realiza busca ativa de casos do Covid-19

Medida visa reforçar a identificação rápida de pacientes com sintomas da doença, garantindo assim o isolamento dos novos casos

Por O Dia

O teste para o Covid-19 ocorreu no acesso à Ponte Ivan Mundim, sentido Centro, na manhã desta terça-feira (19)
O teste para o Covid-19 ocorreu no acesso à Ponte Ivan Mundim, sentido Centro, na manhã desta terça-feira (19) -
Macaé - A Prefeitura de Macaé iniciou nesta terça-feira (19) uma nova fase no enfrentamento ao contágio local do coronavírus, ao aplicar testes em pessoas com sintomas da doença, abordadas na blitz sanitária realizada em ponto estratégico da cidade.
A medida visa reforçar a identificação rápida de pacientes do Covid-19, garantindo assim o isolamento dos novos casos e o bloqueio do contágio local do vírus. “É preciso identificar o novos casos de forma rápida e garantir o isolamento para evitar o contágio. Por isso, quem tem os sintomas deve ir de imediato ao Centro de Triagem”, explica o prefeito Dr. Aluízio dos Santos.
No primeiro dia da busca ativa, 13 pessoas concordaram em fazer o teste para o Covid-19 na blitz sanitária realizada das 6h às 9h no acesso à Ponte Ivan Mundim, sentido Centro. Além da busca ativa, a prefeitura organiza também a abertura do Centro Municipal de Quarentena, que abrigará pacientes confirmados do coronavírus, para assegurar o isolamento social.
“Evitar o contágio local é a principal estratégia para evitar a superlotação dos leitos de CTI. O objetivo é garantir um tratamento adequado aos pacientes e salvar a vida das pessoas”, afirmou o prefeito.
Macaé tem 502 casos de coronavírus confirmados, sendo 247 pacientes recuperados e 20 óbitos. O município possui 55,5% dos seus leitos da Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) ocupados de casos do Covid-19.

Comentários