A atuação das barreiras sanitárias foi citada como fundamental para evitar a disseminação do vírus na cidade  - Rui Porto Filho/Arquivo Secom PMM
A atuação das barreiras sanitárias foi citada como fundamental para evitar a disseminação do vírus na cidade Rui Porto Filho/Arquivo Secom PMM
Por O Dia
Macaé - O prefeito de Macaé, Dr. Aluízio dos Santos, anunciou nesta segunda-feira (25) que os colaboradores dos novos estabelecimentos que serão abertos na cidade a partir de primeiro de junho serão testados para o Covid-19 e aqueles que forem positivos - mesmo assintomáticos - não poderão retornar ao trabalho, por questão de segurança sanitária coletiva.

"Neste próximo decreto, toda nova atividade que retomar terá sua força de trabalho testada, podendo funcionar com os testes sorológicos negativos. Vamos definir que tipo de abordagem vamos iniciar com esta nova fase, ou seja, que tipo de atividade a associação nos trará para que adequemos à realidade sanitária e, na reunião com o Ministério Público na quarta-feira, possamos apresentar esse plano sem colocar em risco a saúde da população", detalhou.

Dr. Aluízio lamentou o número de óbitos no final de semana - quatro, o que elevou a estatística em Macaé para 25 mortes por coronavírus - eram 21 na sexta-feira (22). "Os pacientes de coronavírus são essencialmente graves em terapia intensiva. Todos os pacientes em terapia intensiva são de alto risco de letalidade. Por isso é preciso trazer a pessoa para assistência antes do momento de gravidade", reforçou.

Para quem está Covid-19 e não tem condição de ficar em casa de quarentena, o prefeito lembrou que o governo municipal disponibiliza o Centro de Quarentena, no Hotel de Deus.

Dr. Aluizio considerou que, apesar da taxa de recuperação em contaminados seja alta, é preciso manter o distanciamento social porque a taxa de contágio é grande. O prefeito também elogiou o trabalho dos profissionais de saúde de Macaé. "Temos equipe experiente e competente que nos deixa confiantes, temos um contingente de servidores qualificados e uma força de trabalho motivada, responsável", pontuou.