Jogadores foram submetidos aos testes físicos divididos em pequenos grupos - Cassiano Carvalho/Macaé Esporte
Jogadores foram submetidos aos testes físicos divididos em pequenos gruposCassiano Carvalho/Macaé Esporte
Por O Dia
Macaé - Pouco menos de três meses após suspender os treinos em função da pandemia da Covid-19, a base do Macaé Esporte reiniciou as atividades do grupo sub-20. A categoria que disputa o Campeonato Carioca, tenta retomar a rotina no Centro de Treinamento do CEPE, em Duque de Caxias. O clube traçou o planejamento para as atividades respeitando o protocolo elaborado em conjunto com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) para o retorno do futebol.

Durante a pausa, a diretoria aproveitou para realizar mudanças na comissão técnica do sub-20. Marcos Aurélio Bragança Marins, conhecido como Marcão, é o novo treinador. Tadeu Caçapava, responsável por revelar nomes como o zagueiro Thiago Silva, do PSG, e o lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, assume como supervisor. O preparador físico do profissional, Luciano Sousa, ocupará o cargo de fisiologista na base.

Com passagens por clubes como Flamengo, Fluminense, Botafogo, Grêmio e Anzhi da Rússia, como jogador, e como treinador no Femar FC, da Paraíba, o técnico Marcão projeta o futuro na equipe do Norte Fluminense na competição.

“É a realização de um sonho conduzir o sub-20 do Macaé Esporte a uma posição de destaque nacional. Com planejamento, foco e muito trabalho, essa equipe irá brilhar no Campeonato Estadual”, disse o treinador.

Nas primeiras atividades os jogadores foram submetidos aos testes físicos divididos em pequenos grupos. Luciano Sousa lembra que o importante é ter atenção com a saúde e a parte física dos atletas.

“Estamos voltando aos poucos e respeitando o protocolo da FERJ. Nossos treinos são preparados em três grupos com horários diferentes. Nesse momento estou fazendo testes aeróbicos e tirando percentual de gordura, para aos poucos entrar na parte física. Fora de campo a diretoria tem nos dado todo suporte com investimento em suplementos e com água rica em minerais, ph 10 e magnésio que acaba funcionando como mais um importante energético para os atletas”, disse o fisiologista do cluube.
O Campeonato Carioca Sub-20 segue sem previsão de retorno, mas o reinício deve ser dado logo após a volta da competição profissional.