Agentes verificaram a qualidade da gasolina, etanol, diesel e gás natural, além de aferição da quantidade que sai da bomba de combustível.  - Bruno Campos
Agentes verificaram a qualidade da gasolina, etanol, diesel e gás natural, além de aferição da quantidade que sai da bomba de combustível. Bruno Campos
Por Bertha Muniz
Publicado 14/10/2020 18:35 | Atualizado há 2 dias

MACAÉ - Uma operação conjunta da Procuradoria Adjunta de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Macaé) e Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), fiscalizou, nesta terça-feira (13), nove postos de combustíveis em Macaé, no Norte Fluminense. Agentes das duas instituições verificaram a qualidade da gasolina, etanol, diesel e gás natural, além de aferição da quantidade que sai da bomba de combustível.

De acordo com o procurador adjunto de Proteção e Defesa do Consumidor, Carlos Fioretti, o município possui 30 postos de gasolina e, de quinze em quinze dias, o Procon recebe alguma denúncia sobre a qualidade dos combustíveis de alguns estabelecimentos na cidade.
“Não encontramos nenhuma irregularidade com relação a qualidade dos combustíveis, durante a fiscalização desta terça-feira (13). Esta semana, continuaremos com ações em outros postos de combustíveis”, O Dia informou. Ele acrescentou ainda que, em 2017, os fiscais do Procon participaram de um curso de capacitação ministrada por profissionais da ANP, preparando-os para atuar nessas fiscalizações em postos de combustíveis.
Publicidade

O Procon orienta que o consumidor fique atento na hora de abastecer o carro e peça a nota fiscal, podendo solicitar ainda um teste para verificar a qualidade e a quantidade do combustível. Todos os postos têm que ter o kit e qualquer irregularidade identificada pode ser denunciada ao Procon ou ANP.

Combustíveis adulterados podem causar avarias no motor do carro, problemas na aceleração, desgaste de peças, entupimento de bicos e velas, entre outros. Denúncias podem ser feitas por meio do e-mail procon@macae.rj.gov.br.