Vander Carioca  visitou Pau Grande, terra do lendário Mané Garrincha, acompanhado do secretário Municipal de Esporte,Turismo,Lazer e Terceira Idade, Geilton Câmara e do chefe Orlando Ottoni.
Vander Carioca visitou Pau Grande, terra do lendário Mané Garrincha, acompanhado do secretário Municipal de Esporte,Turismo,Lazer e Terceira Idade, Geilton Câmara e do chefe Orlando Ottoni.Divulgação/Prefeitura de Magé
Por O Dia
Magé - Faltam poucos dias para a estreia, em 15 de maio, da equipe de Magé no campeonato de base da Liga Carioca de Futsal. Antes disso, dois astros que fizeram história no esporte declararam, nesta quinta-feira (22), apoio à iniciativa da Prefeitura de fomentar as equipes da cidade. Vander Carioca, que já foi duas vezes campeão nacional e jogou em países como Espanha, Itália e Rússia, visitou Pau Grande, terra do lendário Mané Garrincha, e conversou com o secretário Municipal de Esporte, Turismo, Lazer e Terceira Idade, Geilton Câmara. Durante a visita, o jogador realizou uma ligação de vídeo para o amigo Falcão, outra figura conhecida do futsal, e colocou o atleta para conversar com o prefeito Renato Cozzolino.
Atualmente trabalhando como supervisor de Equipe no Corinthians, Vander esteve no Ginásio Poliesportivo Nelson Ferreira Lima, onde conheceu as instalações e foi apresentado aos croquis dos uniformes do time de Magé. “O Rio de Janeiro precisa ter um time forte para reerguer o futsal do estado. Tenho certeza que Magé está no caminho certo”, avaliou o Carioca.
Durante a visita, ele ligou para o amigo Falcão, que tinha acabado de chegar no México, e pôs o ex-titular da Seleção Brasileira e quatro vezes eleito Melhor Jogador de Futsal do Mundo pela Fifa para conversar, por vídeo, com o prefeito Renato Cozzolino. “É muito importante ter essa visão de elevar o esporte para melhorar a visibilidade da cidade. Isso aconteceu quando eu joguei em Sorocaba e em Jaraguá”, disse Falcão. 
O chefe de Gabinete do prefeito, Orlando Ottoni, que também acompanhou a visita, frisou que os treinos que têm sido realizados na cidade cumprem todos os requisitos que constam do protocolo da Federação Estadual de Futsal no que diz respeito às precauções contra a propagação do coronavírus. “No caso dos cinco times de base, apenas um responsável é autorizado a acompanhar os treinos dos filhos. Antes de entrar no ginásio, todos são obrigados a usar máscara e passar álcool gel nas mãos”, informou. Além das cinco equipes infanto-juvenis, duas equipes adultas do município irão disputar a Liga Carioca e tentar uma vaga na Liga Nacional.