Casamento na Orla das Amendoeiras

A revitalização do local hoje é até palco para casamento

Por O Dia

Orla das Amendoeiras é palco para casamento
Orla das Amendoeiras é palco para casamento -
A revitalização da orla da Lagoa das Amendoeiras, em São José do Imbassaí, completou um ano em dezembro de 2019. Após as melhorias que incluem pavimentação, construção de calçadas, nova iluminação, paisagismo, quadras de esporte, aparelhos de ginástica e brinquedos, o local se transformou no cenário perfeito para muitos encontros ao por do sol para pessoas de todas as idades.

Para o casal Andrea Liz de Carvalho (31 anos) e Igor Sampaio (39 anos) o local vai além de encontros. Eles, que moram no bairro há cerca de cinco anos, resolveram casar na remodelada orla. A cerimônia aconteceu no dia 7 de dezembro de 2019. “Depois de seis anos juntos, é difícil as pessoas casarem. Geralmente se acomodam e ficam morando junto, mas eu sou uma bonequinha, sempre quis casar de noiva e aí o plus foi realmente a lagoa. Além da reforma ter deixado a Orla muito bonita, quem não quer casar na praia, né? Ele decidiu marcar a data e eu resolvi todas as outras coisas”, contou a noiva.

“Eu fiquei bastante nervoso com a escolha do local, porque a gente dependia do tempo. Era um risco que nós corríamos. Na sexta-feira estava chovendo, mas no sábado apareceu um sol maravilhoso. Aí eu saí para buscar o buquê e resolvi passar por aqui. Fiquei assustado. Estava acontecendo um evento grande da prefeitura, com som alto. Procurei o responsável, expliquei que seria o meu casamento, que nós tínhamos pego autorização e ele falou que quando começasse o casamento ia desligar o som, que só ia religar quando acabasse. E assim, aconteceu. Foi realmente maravilhoso, inexplicável e eu só tenho a agradecer”, lembrou o noivo.

Durante a cerimônia, dois fatos chamaram a atenção. O pajem, Daniel, com apenas quatro anos ter carregado a foto de seu avô paterno, falecido há 27 anos e o cachorro da família ter entrado ao lado do menino, levando as alianças. “Nossa, só de lembrar me dá vontade de chorar, porque era uma coisa que queria muito e ela de pronto aceitou. Foi uma sensação. Meu pai estava junto da gente ali, naquele momento”, disse Igor emocionado.

“Eu tenho o Beethoven, há 15 anos. Ele está bem velhinho e faz parte da minha história, foi meu primeiro filho. Não tinha como ele não entrar. E a gente não treinou, Daniel não treinou, mas ele veio devagarzinho. Eu acho que, na verdade, quando a gente ouve Deus nas coisas, não dá nada errado. Foi exatamente o que aconteceu no nosso casamento. A gente marcou a data, não tinha nenhum recurso e aí tudo foi acontecendo. Foi realmente um casamento de novela”, comemora.

Para o casal, voltar à Lagoa das Amendoeiras na manhã da última sexta-feira (03/01) teve uma importância a mais. “Isso aqui a gente ama. E casar onde a gente ama, no lugar em que a gente vive, é maravilhoso”, opina Igor. Andrea completa: “Voltar aqui hoje e reviver todas aquelas cenas é indescritível. Foi além das minhas expectativas. O dia estava perfeito. Tinha banheiro químico, polícia, ambulância, um monte de gente filmando. Eu pensei, nossa, meu casamento é o casamento mais amparado do mundo”, admite a ex-moradora de São Gonçalo.

“Assim que engravidei do Daniel, a gente construiu a casa em cima da casa do meu pai, que já morava aqui há 12 anos. Então a gente sabia que era tranquilo para educar e criar o menino. Essa revitalização, tudo isso que aconteceu e que está acontecendo em Maricá, só tem me trazido coisas boas. Inclusive, eu estou fazendo faculdade pelo Passaporte Universitário, realizando mais um sonho que é me formar em Direito. A minha vida só tem andado para frente. Não tem como largar Maricá mais”, ressalta a moradora de São José.

“Aqui é realmente um espaço público, onde você não precisa pagar nada para fazer o seu casamento. A cidade de Maricá nesses últimos quatro, cinco anos mudou muito. Claro que ela já vem mudando há bastante tempo, mas houve um marco nessa revitalização. A gente não tinha onde levar o filho pra passear, não tinha parquinho no bairro e agora tem três. A educação também está maravilhosa. Não tem porque se mudar daqui. Eu acho que muita gente tem vindo pra cá. Essa cidade se tornou para mim a cidade maravilhosa”, conclui Andrea satisfeita.

É importante ressaltar que este não é o primeiro casamento que acontece numa lagoa maricaense. Em setembro de 2018, a orla da Lagoa de Araçatiba também completava um ano de revitalização e era palco do casamento de Nathalia Ribeiro (27 anos) e Carlos Henrique Carneiro (32 anos), moradores de Duque de Caxias que se apaixonaram pela bela paisagem do local.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários