A Sífilis, tem cura e pode ser evitada utilizando preservativo - Foto: Divulgação
A Sífilis, tem cura e pode ser evitada utilizando preservativoFoto: Divulgação
Por O Dia
Maricá - Começou ontem (19/10) e vai até dia 23 de outubro, a “Semana de Combate a Sífilis e a Sífilis Congênita: Sífilis, eu sei. Você sabe? Teste, trate e cure” – campanha idealizada pela Atenção Primária à Saúde da Secretaria de Saúde de Maricá.

O público alvo é composto por gestantes, adolescentes, adultos e idosos. A estimativa é atingir público para 4 mil testes durante a semana.

O objetivo da Estratégia de Saúde da Família é intensificar a testagem de sífilis em todas as 24 Unidades de Saúde do município e no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) no período descrito com orientações sobre o diagnóstico e tratamento, além de enfatizar sobre as consequências do não tratamento da gestante e do parceiro durante o pré-natal.

A Sífilis é uma infecção sexualmente transmissível e tem cura. Caso não tratada corretamente causa prejuízos sérios à saúde. Pode ser transmitida inclusive da mãe para o bebê durante a gestação, provocando sérios problemas à saúde do recém-nascido. Quanto mais cedo agir, mais fácil tratar a infecção; lembrando que o parceiro também precisa fazer o teste.

O teste é rápido, gratuito, assim como o tratamento e a distribuição de preservativos que podem ser adquiridos em qualquer unidade de saúde do município. Lembramos que a oferta dos testes ocorre durante todo ano, porém em outubro enfatizamos a sensibilização pelo diagnóstico da infecção por ser o mês de combate à Sífilis. Quem não puder comparecer nesta data a uma unidade de saúde, os testes poderão ser realizados em outros dias, pois faz parte da normativa de promoção à saúde da população.