Conflito por terras mata treze e deixa desaparecidos no México

Primeiras informações indicam que um grupo de moradores estavam limpando um terreno em disputa e foi atacado por comunidade rival

Por O Dia

Conflito por terras mata treze no México
Conflito por terras mata treze no México -

Oaxaca - Um conflito por questões agrárias matou treze pessoas em Oaxaca, no México, nesta segunda-feira. O coordenador da Agência Estatal de Investigações do estado, Antonio Iglesias Arreola, confirmou o número de vítimas fatais do enfrentamento entre as comunidades de Santa María Ecatepec e San Lucas Ixcotepec. As informações são da rede de TV mexicana Televisa.

As primeiras informações dão conta de que um grupo de moradores de Santa María estavam limpando um terreno que está em disputa com a outra comunidade.

Momentos depois, habitantes de Ixcotepec pediram para que se retirassem, ao não serem atendidos, voltaram com armas de fogo e atacaram os rivais.

Representantes do governo viajaram ao local para iniciar investigações - Reprodução/ Fiscalía de Oaxaca

Segundo a reportagem da TV mexicana, treze pessoas morreram e quatro estão desaparecidas.

Todas as vítimas são da comunidade de Santa María Ecatepec, informaram as autoridades locais.

Por meio de um comunicado, a agência estatal detalhou que funcionários da Secretaria-Geral de Governo, da Procuradoria-Geral do Estado e do Ministério da Segurança Pública foram ao local para tratar da situação e iniciar as investigações. O Ministério Público, Peritos e Agentes Estaduais de Investigação foram mobilizados com o objetivo de realizar os inquéritos, anunciou a reportagem.

Galeria de Fotos

Conflito por terras mata treze no México Reprodução/ Fiscalía de Oaxaca
Representantes do governo viajaram ao local para iniciar investigações Reprodução/ Fiscalía de Oaxaca

Últimas de Mundo & Ciência