Meninos resgatados em caverna na Tailândia começam o retiro espiritual - AFP
Meninos resgatados em caverna na Tailândia começam o retiro espiritualAFP
Por O Dia

Bangcoc - Os meninos do time de futebol que foram resgatados de uma caverna inundada na Tailândia deram, nesta terça-feira, os primeiros passos para serem ordenados noviços budistas. A quarta-feira marca o início dos nove dias em que os jovens passarão no templo budista - uma promessa feita por suas famílias em gratidão ao salvamento e em memória do mergulhados que morreu na operação.

Nesta terça-feira, eles tiveram os cabelos raspados e passarão pela principal cerimônia, que está marcada para esta quarta-feira. Bandejas de doces , frutas e bebidas açucaradas foram colocadas em frente a estátuas de Buda envoltas em tecido dourado brilhante.

Meninos tiveram seus cabelos raspados nesta terça-feira - AFP

Usando vestes claras e simples, os jovens rezaram com as mãos juntas pela manhã, enquanto um monge dava graças pelo resgate.

O budismo é a religião principal da Tailândia, seguida por mais de 90% da população do país. Um dos garotos, Adul Sam-on, de 14 anos, não participa da cerimônia nem será ordenado por ser cristão.

Meninos resgatados em caverna na Tailândia começam o retiro espiritual - AFP

O resgate envolveu mergulhadores e voluntários de todo mundo e terminou em 10 de julho. Os meninos e o treinador de 25 anos, Ekapol Chanthawong, haviam entrado na caverna para explorá-la, mas ficaram presos, sem ter como voltar. Foram descobertos por acaso por mergulhadores e sobreviveram com a água que pingava das pedras até o fim do resgate.

Os meninos e o treinador ficaram internados no hospital para se recuperaram. Todos estavam bem de saúde, mas a fragilidade por tanto tempo na caverna abria a possibilidade de contrair infecções. Os meninos receberam alta na semana passada, um dia antes do que havia sido previsto pelos médicos. Eles deram uma entrevista coletiva onde falaram sobre o medo, a fome, planos para o futuro e como ficaram presos na caverna.

 

Você pode gostar