Inundação na Índia mata 37 e desaloja milhares

Período de monções deixa população apreensiva. Estado de Kerala é conhecido por ter praias repletas de palmeiras e plantações

Por

Número de mortos por inundações sobe na Índia
Número de mortos por inundações sobe na Índia -

Inundações repentinas causadas pelas monções mataram 37 mortos e deixaram milhares de deslocados em Kerala, na Região Sudoeste da Índia, além de terem provocado deslizamentos de terra, anunciaram autoridades locais.

O Estado de Kerala, zona turística com praias repletas de palmeiras e plantações de chá, recebe fortes chuvas anualmente no período das monções, mas as precipitações foram especialmente intensas este ano.

Os moradores deslocados foram levados para 350 centros de acolhida em todo o estado, informou o chefe do governo de Kerala, Pinarayi Vijayan, à Agência France-Presse.

O Exército foi mobilizado para realizar missões de resgate no estado, depois que dois dias de tempestade obrigaram as autoridades a liberar a água de 27 diques. Um desses reservatórios não era aberto há 26 anos.

"Nosso estado enfrenta uma devastação sem precedentes", publicou no Twitter Pinarayi Vijayan. "Muitas vidas foram perdidas. Centenas de casas ficaram completamente destruídas", lamentou, elogiando o trabalho dos socorristas, originários de todo o país.

Mais de 1 milhão de turistas visitaram o Estado de Kerala no ano passado, segundo estatísticas oficiais.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência