Ataque com faca deixa dois mortos e um ferido na França

Estado Islâmico (EI) reivindicou autoria da ação, mas autoridades trabalham com outras possibilidades além do terrorismo. Vítimas são a mãe e a irmã do agressor

Por O Dia

Rio - Um homem armado com uma faca matou a mãe e a irmã e feriu uma mulher, ainda não identificada, na manhã desta quinta-feira, na cidade francesa de Trappes, no subúrbio de Paris. Após o crime, o agressor fugiu e se escondeu em um imóvel, onde foi localizado e morto pela polícia.

O ataque foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI). A agência de propaganda do grupo, a Amaq, afirmou que "o autor do atentado na cidade de Trappes é um dos combatentes do Estado Islâmico (EI) e executou o ataque em resposta ao apelo para atacar cidadãos dos países da coalizão internacional".

Embora o Estado Islâmico tenha assumido a autoria do ataque, as autoridades não estão tratando o caso imediatamente como terrorismo. As investigações ainda não descartaram a possibilidade de que tenha sido uma disputa familiar. O suspeito, um motorista de ônibus de 36 anos, já havia sido identificado pelas autoridades francesas como simpatizante de ideias extremistas. Ele teria gritado “Alá é grande” antes do ataque.

Segundo o jornal “Le Monde”, o ataque ocorreu na rua Camille Claudel, por volta das 10h (5h no horário de Brasília). Logo depois, os suspeito se escondeu em uma casa, onde o grupo de elite das forças de segurança francesas foi mobilizado e reagiu atirando. O agressor, que não teve a identidade revelada, ficou gravemente ferido e não resistiu.

Trappes é um subúrbio parisiense pobre, localizado a 30 quilômetros da capital francesa. Grande parte de seus 30.000 habitantes têm origem estrangeira e o índice de desemprego na área é duas vezes maior que a média nacional.

Também é conhecida por ser uma das localidades de onde mais jovens (quase 50) saíram para combater ao lado do grupo Estado Islâmico no Iraque e na Síria, informou recentemente à AFP o prefeito da cidade.

Com informações da AFP

Últimas de Mundo & Ciência