Bill Cosby é condenado a sentença de 3 a 10 anos de prisão por agressão sexual

Comediante de 81 anos não mostrou reação ao ouvir o juiz; ele era acusado de drogar e agredir a ex-jogadora de basquete Andrea Constand em sua casa

Por AFP

Sessenta mulheres acusaram o ator de 81 anos de abuso sexual
Sessenta mulheres acusaram o ator de 81 anos de abuso sexual -

Norristown - O ator americano Bill Cosby foi condenado nesta terça-feira a uma pena de três a dez anos de prisão por um juiz da Pensilvânia, por agredir sexualmente uma mulher em sua mansão na Filadélfia há 14 anos.

O outrora querido e popular comediante de 81 anos não mostrou nenhuma reação ao ouvir o juiz, que havia ordenado um pouco antes que ele fosse incluído no registro de predadores sexuais violentos do estado.

Após o que tem sido apresentado como o primeiro veredicto #MeToo, nome do movimento de luta contra o assédio e o abuso sexual, é chegado o momento da primeira pena pós-Weinstein, que será pronunciada pelo juiz Steven O'Neill após audiência prevista para durar duas horas.

Em 26 de abril, após um segundo julgamento que durou três semanas, o ator foi declarado culpado por três crimes de agressão sexual contra Andrea Constand, uma ex-jogadora de basquete de 45 anos. 

Há cinco anos, Bill Cosby ainda era uma das figuras mais respeitadas dos Estados Unidos.

Desde então, dezenas de mulheres o acusaram publicamente de agressões sexuais. A maioria das denúncias prescreveu, menos o caso de Constand.

Últimas de Mundo & Ciência