Ataque com faca deixa um morto e dois feridos em Melbourne; polícia considera ato de terrorismo

Emissoras de televisão locais divulgaram imagens que mostravam um homem alto vestido com uma túnica preta, ameaçando os agentes com uma faca perto de uma caminhonete em chamas

Por AFP

A Polícia pediu à população que evitasse o setor, ainda que não estivesse em busca de outros suspeitos
A Polícia pediu à população que evitasse o setor, ainda que não estivesse em busca de outros suspeitos -

Austrália - Uma pessoa morreu, e outras duas ficaram feridas, nesta sexta-feira, em um ataque com faca no centro da cidade australiana de Melbourne - segundo informou o superintendente da Polícia, David Clayton.

O autor da agressão foi ferido a bala e detido pelos agentes. Inicialmente a polícia acreditava que ele não tinha "vínculos conhecidos com o terrorismo". No entanto, após investigações, a polícia concluiu que o agressor, que é originário da Somália, é conhecido pelas autoridades de Inteligência e o caso passou a ser tratado como ato de terror. 

"Agora estamos tratando isso como um episódio de terrorismo", declarou o comissário-chefe da polícia de Victoria, Graham Ashton. Segundo ele, o suspeito é "alguém conhecido para nós" e estava viajando em um veículo 4x4 com botijões de gás. A polícia pediu à população que evitasse o local, ainda que não estivesse em busca de outros suspeitos.

A polícia do estado de Victoria explicou que as forças da ordem responderam "inicialmente à chamada por um carro em chamas". Quando os agentes chegaram ao local descobriram que várias pessoas haviam sido esfaqueadas.

O ataque aconteceu no bairro de negócios de Melbourne, no final da tarde, quando as pessoas começavam a deixar o trabalho para o fim de semana.

As emissoras de televisão locais divulgaram imagens que mostravam um homem alto vestido com uma túnica preta, ameaçando os agentes com uma faca perto de uma caminhonete em chamas.

Nas imagens, vê-se os policiais tentando conter o homem sem violência durante pelo menos um minuto, enquanto o suspeito avança sobre eles, várias vezes, com a faca. Na sequência, um agente atira no agressor.

"Um homem foi detido no local e levado para o hospital sob escolta policial em estado crítico", declarou o superintendente da Polícia, David Clayton.

 

 

Últimas de Mundo & Ciência