Casas e carros queimam em Paradise, Califórnia  - AFP
Casas e carros queimam em Paradise, Califórnia AFP
Por AFP

Los Angeles - Os bombeiros encontraram nesta sexta-feira as primeiras cinco vítimas do incêndio florestal que devastou a cidade de Paradise, no norte da Califórnia.

No condado de Buttle, o mais afetado até agora, o incêndio "Camp Fire" destruiu 280 km².

Outros dois incêndios foram registrados mais ao sul, no condado de Ventura, perto de Thousand Oaks, onde um homem abriu fogo em um bar na quarta-feira à noite, deixando 12 mortos antes de se suicidar.

"A magnitude da destruição que vimos é incrível e dolorosa", disse Mark Ghilarducci, diretor do escritório de emergência do governo do estado. "Sabemos que há feridos e perda de vidas humanas".

O gabinete do xerife de Buttle disse que seus agentes "localizaram cinco falecidos na área de Edgewood Lane em Paradise", uma das populações mais afetadas.

"A investigação preliminar revelou que estas vítimas foram localizadas em veículos atingidos pelo incêndio Camp", indicou um comunicado.

"Devido às queimaduras, a identificação ainda não pôde ser feita. Serão realizadas autópsias para determinar as circunstâncias das mortes e iniciar o processo de identificação".

Uma equipe investiga a possibilidade de haver mais vítimas fatais deste incêndio, que começou na quinta-feira de manhã.

As autoridades conseguiram evitar que o incêndio chegasse a Chico, de 90 mil habitantes, um pouco ao oeste de Paradise.

Um fotógrafo da AFP constatou o nível de destruição em Paradise e resumiu o cenário que viu como um inferno: casas envoltas em chamas, outras já transformadas em cinzas e carros carbonizados.

Ghilarducci advertiu que nesta área foram evacuadas 52 mil pessoas.

"Toda a parte inferior de Paradise está totalmente envolvida em chamas", disse Kevin Winstead, morador do povoado de Magalia, à televisão local KIEM TV.

"Tudo está envolvido em chamas agora, não vai restar nenhuma casa em pé", disse. "Estou devastado".

Ghilarducci alertou que o estado espera condições climáticas de incêndios - ventos fortes e um clima muito seco - para os próximos dias, uma notícia ruim para os quase 2 mil bombeiros que combatem as chamas.

"Camp", controlado em apenas 5%, destruiu 2 mil estruturas e ameaça um total de 15 mil. No boletim mais recente da autoridade de bombeiros da Califórnia, Calfire, foram reportados três bombeiros feridos.

A Califórnia foi afetada desde o fim de 2017 por um grande número de incêndios especialmente violentos, que provocaram uma dezena de mortes.

Os incêndios Hill e Woolsey, que queimam no sul, levaram à evacuação de 100 mil pessoas.

O fogo de Woolsey, o mais preocupante, se espalhou rapidamente, ameaçando a cidade costeira de Malibu, onde 30 casas foram consumidas pelas chamas.

Você pode gostar