Youtuber de 7 anos ganha mais de 20 milhões de dólares e é o mais bem pago do mundo

Com um canal voltado ao público infantil, Ryan, de 7 anos de idade, também tem uma linha de brinquedos. Confira a lista divulgada nesta terça-feira pela Forbes

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Ryan tem um canal voltado ao público infantil
Ryan tem um canal voltado ao público infantil -

São Paulo - A revista 'Forbes' divulgou sua lista dos youtubers mais bem pagos de 2018. Quem lidera é um garotinho de apenas 7 anos de idade chamado Ryan, que faz sucesso com o público infantil, para o qual também vende brinquedos. Segundo a revista, Ryan conseguiu cerca de 22 milhões de dólares (R$ 84,7 milhões). A publicação considera ganhos financeiros obtidos entre 1º de junho de 2017 e 1º de junho de 2018.

Confira a seguir a lista completa:

10º - US$ 14,5 milhões - Logan Paul

Humor e pegadinhas. No começo de 2018, Logan causou revolta nas redes sociais após publicar um vídeo em que gravou o cadáver de uma pessoa em uma floresta japonesa. Relembre o caso aqui. Foto: YouTube / @Logan Paul Vlogs.

9º - US$ 15,5 milhões - PewDiePie

Humor. PewDiePie é o canal com mais inscritos no YouTube, com 74 milhões. No segundo semestre de 2017, o youtuber fez um vídeo contendo um comentário considerado preconceituoso, o que representou um grande impacto em seus números. Posteriormente, se desculpou.

8º - US$ 16 milhões - Jacksepticeye

Games. O canal pertence a Seán McLoughlin e é considerado o mais popular da Irlanda.

7º - US$ 17 milhões - VanossGaming

Games e animações.

6º - US$ 17,5 milhões - Markiplier

Humor, games e reacts.

5º - US$ 18 milhões - Jeffree Star

Maquiagem

4º - US$ 18,5 milhões - DanTDM

Games.

3º - US$ 20 milhões - Dude Perfect

Desafios.

2º - U$ 21,5 milhões - Jake Paul

Pegadinhas, desafios, reacts e música. Jake Paul é irmão de Logan Paul, 10º colocado da lista, e também faz sucesso com vídeos de seus raps.

1º - US$ 22 milhões - Ryan ToysReview

Infantil. Com vídeos voltados ao público infantil Ryan conseguiu chegar à liderança do ranking após figurar na 8ª posição em 2017. O fato de ter uma linha de brinquedos que atualmente está a venda na rede Walmart ajudou a impulsioná-lo à primeira posição.

Últimas de Mundo & Ciência