Sean Penn fará documentário sobre jornalista saudita morto

Jamal Khashoggi, colaborador do Washington Post, foi assassinado no consulado saudita da Turquia no início de outubro. Ator e diretor americano já começou a registrar imagens em frente ao consulado

Por AFP

Sean Penn
Sean Penn -

Istambul - O ator Sean Penn viajou para a Istambul, onde pretende trabalhar em um documentário sobre o jornalista saudita Jamal Khashoggi, assassinado há dois meses no consulado de seu país nessa cidade turca.

Segundo a agência de notícias estatal turca Anadolu, o ator americano e sua equipe registraram imagens diante da porta do consulado da Arábia Saudita.

Em um vídeo postado pela mídia turca, é possível ver Penn conversando com um cinegrafista.

O assassinato do jornalista que colaborava com o Washington Post em 2 de outubro causou unda onda de indignação mundial e manchou a imagem da Arábia Saudita, apesar de o príncipe herdeiro Mohamed bin Salmán negar qualquer envolvimento no crime.

Sean Penn, de 58 anos, é um ator comprometido com a militância política e social tanto nos Estados Unidos, como em outros países.

Últimas de Mundo & Ciência