Maconha legalizada agita mercado de emprego no Canadá

Ao todo, foram 94.000 novos empregos só no mês de novembro

Por AFP

Uso recreativo da cannabis foi legalizado no Canadá em 17 de outubro, estimulando a criação de uma nova indústria -

Ottawa - A legalização da maconha no Canadá ajudou a aumentar significativamente o número de empregos em novembro, ajudando a reduzir a taxa de desemprego em 0,2 ponto, a 5,6%, seu nível mais baixo desde 1976, disse nesta sexta-feira a agência oficial de estatísticas.

Ao todo, são 94.000 novos empregos no mês, distribuídos pelo país, mas concentrados majoritariamente no Quebec e em Alberta.

O relatório informou que a quantidade de pessoas empregadas em postos relacionados à cannabis aumentou 266%, a 10.400 vagas, em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O uso recreativo da cannabis foi legalizado em 17 de outubro, estimulando a criação de uma nova indústria.

Mais de metade dessas vagas foram criadas na província de Ontário, que tem a maior concentração de trabalhadores com licença.

Os trabalhadores desse setor tem remunerações levemente maiores que o salário médio nacional: 29,58 dólares canadenses (19,43 dólares) contra 27,03 dólares canadenses (20,32).

 

Últimas de Mundo & Ciência