ASSEMBLEIA NACIONAL CONTRA MADURO

Por

Nicolás Maduro vai usurpar a presidência da Venezuela a partir de quinta-feira, quando assumir seu segundo mandato, disse ontem a Assembleia Nacional do país, de maioria opositora e que teve seus poderes esvaziados. "Reafirmamos a ilegitimidade de Maduro", disse o novo presidente do Legislativo, Juan Guaidó, que pediu às Forças Armadas para apoiar os esforços para "restaurar a democracia" no país e pediu um "governo de transição" até novas eleições.

 

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência