Janela de posto de Bombeiros é derrubada durante terremoto considerado forte às 22h33 de sábado na área central do Chile, a 13 quilômetros a nordeste da região de Tongoy, Coquimbo

 - Reprodução/ Bombeiros
Janela de posto de Bombeiros é derrubada durante terremoto considerado forte às 22h33 de sábado na área central do Chile, a 13 quilômetros a nordeste da região de Tongoy, Coquimbo Reprodução/ Bombeiros
Por O Dia

Brasília - A região central do Chile foi atingida por um terremoto de magnitude 6,7 na escala Richter. Há suspeitas de pelo menos duas mortos. Inicialmente, foi dado sinal para evacuar a área, depois foi cancelada a ordem.

O terremoto considerado forte aconteceu às 22h33 de sábado na área central do país, a 13 quilômetros a nordeste da região de Tongoy, Coquimbo.

O Serviço Hidrográfico e Oceanográfico da Marinha (Shoa) informou que não há risco de tsunami na costa chilena. Porém, o diretor do Escritório Nacional de Emergência (Onemi), Ricardo Toro, afirmou que há um alerta de segurança.

"Reiteramos à população que permaneça calma e que possa voltar para casa", disse Toro.

Até sábado à noite, cerca de 230 mil pessoas estavam sem energia na região.

 

Você pode gostar
Comentários