Líderes da UE rejeitam apelo do Reino Unido para renegociar Brexit

Na terça-feira, a primeira-ministra britânica Theresa May afirmou que pretende reabrir negociações sobre o acordo

Por O Dia

Presidente do Conselho Europeu afirmou que conversou por telefone com a  primeira-ministra britânica Theresa May e disse que o acordo de retirada não estava aberto para renegociação
Presidente do Conselho Europeu afirmou que conversou por telefone com a primeira-ministra britânica Theresa May e disse que o acordo de retirada não estava aberto para renegociação -

Londres - Líderes da União Europeia (UE) rejeitaram o apelo do Reino Unido para que o acordo do Brexit (a saída do país da UE) seja renegociado. A rejeição ocorreu devido a preocupações com a fronteira irlandesa.

Na terça-feira, a primeira-ministra britânica Theresa May afirmou que pretende reabrir negociações sobre o acordo, após o Parlamento ter aprovado uma moção exortando May a buscar "alternativas" para o chamado backstop irlandês. Trata-se de uma medida para evitar o retorno de uma fronteira rígida entre a Irlanda do Norte, que faz parte do Reino Unido, e a Irlanda, que é membro da União Europeia.

No Parlamento Europeu, na quarta-feira, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, declarou que a votação do Reino Unido elevou o risco de uma saída desordenada.

Já o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, afirmou que conversou por telefone com Theresa May, na quarta-feira, e que disse a ela que o acordo de retirada não estava aberto para renegociação.

A menos de dois meses até o Brexit, programado para ocorrer em 29 de março, não existe perspectiva para uma solução.

Comentários