Desabamento de prédio na Nigéria deixa ao menos oito mortos

Trinta e sete pessoas foram resgatadas, segundo funcionário de Agência de Gestão de Urgências do estado de Lagos (Sema)

Por AFP

Desabamento de prédio na Nigéria deixa ao menos oito mortos
Desabamento de prédio na Nigéria deixa ao menos oito mortos -

Lagos - Um prédio de quatro andares desabou nesta quarta-feira, em Lagos, Nigéria, deixando pelo menos oito mortos. No último pavimento do edifício, que tinha residências e salas comerciais, funcionava uma escola de educação infantil.

"Trinta e sete pessoas foram resgatadas vivas e oito mortas", anunciou um funcionário da Agência de Gestão de Urgências do estado de Lagos (Sema), Ibrahim Farinloye. No primeiro comunicado, foi divulgado que havia quatro mortos e dezenas de crianças entre as vítimas nos escombros.

O diretor da Sema, Adesina Tiamiyu, confirmou à AFP que "dezenas de crianças" se encontravam no edifício quando ocorreu a queda e os trabalhos de resgate prosseguiam.

O presidente Muhammadu Buhari expressou condolências às famílias das vítimas fatais: "É triste perder vidas preciosas num acidente, particularmente quando são crianças [...] Que Deus conceda a todos os afetados por este acidente ânimo e apoio".

Desabamento de prédio na Nigéria deixa ao menos oito mortos - AFP

Vários moradores da região afirmaram à AFP que o imóvel foi identificado e "apontado" pelo governo do estado de Lagos para ser demolido, devido seu estado de deterioração. De acordo com fontes oficiais, a escola funcionava de forma irregular no local.

Desabamentos fatais ocorrem com frequência na Nigéria, onde as regras de construção são rotineiramente desrespeitadas.

O incidente mais conhecido ocorreu em setembro de 2014, quando 116 pessoas, incluindo 84 sul-africanos, morreram em Lagos após o colapso de um prédio de seis andares no qual um proeminente tele-evangelista, Joshua TB, estava pregando.

Desabamento de prédio na Nigéria deixa ao menos oito mortos - AFP

A investigação encontrou falhas estruturais do edifício, cuja construção era ilegal.

Em dezembro de 2016, pelo menos 60 pessoas foram mortas pelo colapso do teto de uma igreja em Uyo, capital do Estado de Akwa Ibom, no leste do país.

Galeria de Fotos

Desabamento de prédio na Nigéria deixa ao menos oito mortos AFP
Desabamento de prédio na Nigéria deixa ao menos oito mortos AFP
Desabamento de prédio na Nigéria deixa ao menos oito mortos AFP

Comentários