Irã promete retaliar ataque a petroleiro na Arábia Saudita

O incidente causou vazamentos de petróleo no Mar Vermelho, informou a NITC

Por Conteúdo Estadão

Navio petroleiro Stena Impero capturado pelo Irã no Estreito de Ormuz nesta sexta-feira
Navio petroleiro Stena Impero capturado pelo Irã no Estreito de Ormuz nesta sexta-feira -
Irã - O Irã prometeu responder ao ataque contra um de seus petroleiros na costa da Arábia Saudita. A declaração foi dada neste sábado pelo secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do País, Ali Shamjani. Ele afirmou que foram esclarecidas pistas sobre quem preparou o que ele chamou de 'ataque com mísseis' contra o navio Sabiti.

"A pirataria marítima e a maldade em zonas de aproveitamento marítimo internacionais não ficarão sem resposta", afirmou Shamjani. "Ao revisar os vídeos disponíveis e as evidências reunidas pelos serviços de Inteligência, foram expostas as primeiras pistas sobre a perigosa aventura de atacar um petroleiro iraniano no Mar Vermelho".

A empresa petroleira National Iranian Tanker Company, proprietária do Sabiti, afirmou que o casco do navio registrou duas explosões em separado na sexta-feira, perto do porto saudita de Jidá. A empresa negou, porém, que a informação de que o ataque tenha tido origem no território saudita.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários