Terremoto nas Filipinas deixa pelo menos um morto e 43 feridos

Não são ainda conhecidos os danos causados às moradias e sistemas de infraestrutura, mas as autoridades avisaram que preveem 'danos significativos' e eventuais réplicas

Por IG - Último Segundo

Terremotos nas Filipinas
Terremotos nas Filipinas -

Um homem de 66 anos morreu em Korondal, na província de Cotabato do Sul, devido a um traumatismo craniano, indicou o Gabinete de Defesa Civil das Filipinas, que confirmou ainda 30 feridos em Kidapawan e 13 em M`lang, em Cotobato do Norte.

Não são ainda conhecidos os danos causados às moradias e sistemas de infraestrutura, mas as autoridades avisaram que preveem "danos significativos" e eventuais réplicas.

O epicentro do sismo, de "intensidade destrutiva", foi localizado perto de Tulunan (Cotabato do Norte), na mesma região onde, há duas semanas, um tremor de magnitude 6,4 deixou pelo menos sete mortos e 200 feridos, de acordo com o Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia.

A agência filipina localizou o sismo a cerca de 60 quilômetros (km) de Davao, a maior cidade de Mindanao e a terceira maior das Filipinas, onde o tremor foi sentido com intensidade "muito forte".

O epicentro foi registrado a uma profundidade de 7 km, embora o USGS, o Instituto Geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica em todo o mundo, o tenha colocado a 15,3 km.

As Filipinas ficam localizadas sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, área de grande atividade sísmica e vulcânica. Na região, são registrados anualmente cerca de 7 mil tremores, a maioria moderados.

*Emissora pública de televisão de Portugal

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários