Donald Trump - AFP
Donald TrumpAFP
Por IG - Último Segundo

EUA - Falta um ano para as eleições presidenciais americanas e, segundo a última pesquisa da NBC News/ Wall Street Journal, os números estão difíceis para o atual presidente Donald Trump. No geral, quase metade de todos os eleitores registrados pela pesquisa não votarão em Trump em 2020, independentemente de quem seja o candidato democrata.

A pesquisa registrou que 46% dos eleitores dizem que “certamente votarão contra Trump” em 2020;  cerca de 34%, diz que “certamente votará em Trump”; 17% dizem que podem votar a favor ou contra Trump, dependendo de quem os democratas nomearem para presidente.

Faça as contas e os números sugerem que Trump precisa ganhar quase tudo o que "depende do candidato" para ganhar as eleições em 2020. E os números não parecem melhores nos 11 "estados-chave" que provavelmente decidirão a corrida presidencial - incluindo Flórida, Pensilvânia, Michigan e Wisconsin. Nesses estados, já que 46% dos eleitores registrados também dizem não votar em Trump".

Um dos exemplos mais claros da pesquisa são as mulheres com diploma universitário. Cerca de 67% disse que tem certeza de que votará contra o presidente. Apenas 22% das mulheres com um diploma dizem que certamente votarão no presidente.

Do outro lado do livro, o apoio mais forte do presidente vem de homens sem diploma universitário - 40% dos eleitores registrados dizem ter certeza de que votarão em Trump. Apenas 23% dizem que certamente votarão contra ele.

E se a eleição de 2020 se resumir a 17% dos eleitores indecisos? A boa notícia para Trump é que os dados sugerem que eles se inclinam a seu favor. Mais de 40% dos eleitores indecisos são homens sem diploma universitário. Em seguida, 28% são mulheres sem diploma. O que não representa uma surpresa: em 2016, pesquisas mostraram que Trump conquistou a maioria dos eleitores que não tinham diploma.

A má notícia para Trump, é que 46% dos eleitores registrados afirmam estar contra ele. Bom lembrar que em 2016, Trump conquistou a presidência ao capturar 46% dos votosde um eleitorado que votaria em “qualquer pessoa, exceto Hillary Clinton”. Agora, o que a pesquisa indica é que 46% do eleitorado quer tudo menos o atual presidente.

Você pode gostar
Comentários