Ex-presidente da Bolívia, Evo Morales - AFP
Ex-presidente da Bolívia, Evo MoralesAFP
Por AFP
México - O governo de López Obrador, no México, informou nesta segunda-feira que concedeu asilo político a Evo Morales, que renunciou à presidência da Bolívia neste domingo, por considerar que "sua vida e sua integridade correm perigo". O anúncio foi feito pelo chanceler mexicano, Marcelo Ebrard.

"Há alguns minutos recebi um telefonema do presidente Evo Morales. Ele solicitou formal e verbalmente asilo político em nosso país", disse Ebrard em uma breve mensagem à imprensa. A ministra do Interior "Olga Sánchez Cordero decidiu conceder asilo político ao senhor Evo Morales (...) sua vida e sua integridade correm risco", acrescentou.