Bolívia: Senadora Jeanine Añez assume presidência do país

Segunda vice-presidente do Senado afirmou que pretende convocar eleições 'o mais rápido possível'

Por AFP

Senadora Jeanine Añez se proclamou presidente da Bolívia em cerimônia vazia
Senadora Jeanine Añez se proclamou presidente da Bolívia em cerimônia vazia -
La Paz - A senadora Jeanine Añez se proclamou nesta terça-feira (12) presidente interina da Bolívia em uma sessão legislativa que não contava com o quórum em nenhuma das Câmaras, alegando "a necessidade de criar um clima de paz social" no país.

Añez, segunda vice-presidente do Senado, havia se autoproclamado momentos antes presidente da Câmara Alta, por conta da ausência da titular da instituição e do primeiro vice-presidente, supostamente exilados na embaixada de México na Bolívia.

"Queremos convocar eleições o mais rápido possível", discursou Añez.

A Constituição estabelece que, após a renúncia do presidente Evo Morales (domingo), o vice-presidente, o presidente do Senado ou o presidente da Câmara dos Deputados deve assumir a sucessão, mas todos também renunciaram a seus cargos.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários