Atentado em igreja evangélica mata pastor e mais 23 pessoas na África Ocidentel

Caso aconteceu no Norte de Burkina Faso

Por O Dia

Atentado em igreja evangélica deixa 24 pessoas mortas e 18 feridos
Atentado em igreja evangélica deixa 24 pessoas mortas e 18 feridos -
Sahel - Um atentado contra uma igreja evangélica, na manhã deste domingo, em Pansi, uma província de Burkina Faso, na África Ocidental, deixou ao menos 18 feridos e 24 pessoas morreram. Segundo autoridades, o atentado foi gerado por extremistas islâmicos.
Em outro ponto da região, cinco soldados também foram mortos na explosão de uma bomba de fabricação caseira. A área é alvo frequente de atentados de religiosos extremistas.

Em comunicado oficial, o governador da região de Sahel, coronel Salfo Kabore afirmou, "O balanço provisório é de 24 mortos, incluindo o pastor de uma igreja evangélica. Igualmente, lamentamos 18 feridos e pessoas sequestradas".
Ainda segundo ele, os feridos foram levados para as cidades de Sebba, capital da província, e Dori. Kabore afirmou ainda que as pessoas sequestradas estão sendo procuradas, mas não houve divulgação de quantas pessoas provocaram o atentado. 
"É difícil ter uma ideia da situação, pois os habitantes fugiram após o ataque", declarou um morador à AFP em Sebba, cidade onde muitos moradores de Pansi buscaram refúgio.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários