As ruas de Paris ficaram vazias por causa da coronavírus - ERIC BROMME/Parceiro/Agencia O Dia
As ruas de Paris ficaram vazias por causa da coronavírusERIC BROMME/Parceiro/Agencia O Dia
Por O Dia
Paris - Mesmo com a implementação de medidas de confinamento e aplicação de multas para quem não respeitá-las, muitos franceses não têm seguido a ordem de quarentena em casa e têm saído às ruas sem justificativa. O ministro do Interior da França, Christophe Castaner, não poupou críticas a quem não tem levado a sério a tentativa de impedir o avanço do coronavírus no país.

"Alguns consideram que são pequenos heróis. Mas são imbecis e uma ameaça para si e para os outros", disse o político nesta quinta-feira.

Desde a implementação das regras, mais de 4 mil multas já foram aplicadas a pessoas que não respeitaram a quarentena. Em função do alto número em apenas dois dias, o governo francês triplicou a multa.

A França já contabilizou 9.134 contágios e 89 mortos em decorrência do coronavírus, segundo divulgado pelo governo na noite de quarta-feira. Para tentar conter o avanço da doença, as autoridades francesas impuseram medidas restritivas. Somente pode sair de casa quem não tem condições de trabalhar a distância, para ir ao médico, fazer compras ou se exercitar sozinho.