Plácido Domingo testa positivo para o coronavírus

Desde agosto, o reconhecido tenor se encontra no olho do furacão de um escândalo de abuso sexual

Por AFP

Plácido Domingo
Plácido Domingo -
Espanha - O tenor espanhol Plácido Domingo, que sofreu no último ano acusações de assédio sexual, anunciou neste domingo em sua página do Facebook que testou positivo para o coronavírus.

"Sinto que é minha obrigação moral anunciar que testei positivo ao COVID-19, também conhecido como o coronavírus", declarou o cantor de 79 anos, destacando que tanto ele quanto sua família se encontram isolados e em "boa saúde".

O cantor não especifica em sua mensagem se está na Espanha, o segundo país da Europa mais castigado pelo coronavírus, com mais de 28.500 casos detectados e 1.720 mortes, atrás da Itália.

Desde agosto, o reconhecido tenor se encontra no olho do furacão de um escândalo de abuso sexual, depois que vinte mulheres o acusaram de assediá-las, beijá-las à força ou chantageá-las.

O escândalo lhe custou seu cargo de diretor da Ópera de Los Angeles, que desempenhava desde 2003.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O DiaFaça uma contribuição

Comentários