Empresas conseguem aprovação da Alemanha para testar vacina contra coronavírus

Primeira fase de testagem clínica da BNT162 irá incluir cerca de 200 pessoas saudáveis com idades entre 18 e 55 anos

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Coronavírus assusta o mundo
Coronavírus assusta o mundo -
São Paulo - A alemã BioNTech e a farmacêutica Pfizer anunciaram, na manhã desta quarta-feira, que a autoridade reguladora da Alemanha, o Instituto Paul Ehrlich, aprovou a testagem clínica de uma vacina desenvolvida pelas duas empresas contra a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A vacina, chamada de BNT162, passará por uma primeira fase de testes.

A primeira fase de testagem clínica da BNT162 irá incluir cerca de 200 pessoas saudáveis com idades entre 18 e 55 anos. O objetivo é determinar a dose ideal a ser ministrada e avaliar a segurança e imunogenicidade da vacina. Pessoas com maior risco de infecção grave por covid-19 serão incluídas na segunda parte do estudo.

Comentários