Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe - AFP
Primeiro-ministro do Japão, Shinzo AbeAFP
Por Agência Brasil
Japão - O primeiro-ministro japonês, Abe Shinzo, decretou oficialmente o fim do Estado de Emergência na região metropolitana de Tóquio e na província de Hokkaido, no norte do país. O anúncio vem depois da suspensão da medida na semana passada em três províncias da região oeste, incluindo Osaka e Kyoto. Agora, nenhuma província japonesa é mantida em situação emergencial.

O governo tomou a decisão depois de consultar especialistas encarregados de avaliar a situação. Tóquio, as vizinhas Kanagawa, Saitama e Chiba, e Hokkaido, no norte do Japão, eram as últimas províncias nas quais ainda vigorava o Estado de Emergência declarado pelo governo.

A medida, que esteve em vigor em todo o país desde o início de abril, já havia sido suspensa em 42 localidades té a semana passada. Mesmo assim, as autoridades pedem à população que continue a fazer todo o possível para prevenir o risco de uma segunda onda de infecções. Entre as precauções solicitadas, está a de procurar evitar ao máximo contatos interpessoais.