Espanha inicia reabertura de escolas e espaços noturnos

Infecções e mortes diárias pelo novo coronavírus despencaram desde o pico da pandemia no país, ainda no início de abril

Por Agência Brasil

Estabelecimentos espanhóis começaram a retomar as atividades normalmente, após baixa de casos
Estabelecimentos espanhóis começaram a retomar as atividades normalmente, após baixa de casos -
Espanha - Estudantes voltaram às aulas em algumas áreas da Espanha, nesta segunda-feira, e casas também noturnas abriram, graças ao novo relaxamento das restrições do isolamento do novo coronavírus.

O país, que sofreu um dos piores surtos de covid-19 do mundo, impôs medidas de confinamento severas em março, mas vem reabrindo sua economia duramente atingida gradualmente desde maio, e as regiões estão avançando em ritmos diferentes.

Algumas escolas da capital Madri reabriram nesta segunda-feira para os alunos do ensino primário, e os veteranos que se preparam para os vestibulares voltarão nesta terça-feira (9). Outras regiões estão permitindo que alunos de faixas etárias diferentes retomem as aulas.

As crianças de todo o país receberam permissão de brincar fora de casa a qualquer hora do dia, o que lhes ofereceu algum alívio, depois de meses isoladas. Um estudo recente mostrou que quase uma de seis crianças se sentiu deprimida com frequência durante a crise.

Os clubes noturnos reabriram na maior parte da Espanha, mas uma proibição amplamente ignorada à dança será vigiada para impedir infecções. As touradas também são permitidas, mas, como o público será limitado a 400 pessoas, esses espetáculos serão financeiramente inviáveis por enquanto.

"Precisamos de uma plateia de 1.500 pessoas para fazer funcionar", disse Javier Gomez, membro de um sindicato de touradas. Os proprietários de bares de Madri também estão se preparando para reabrir agora que as restrições aos assentos em locais fechados foram suspensas – as regras anteriores limitavam os clientes a terraços externos com meia lotação.

Como seu bar madrilenho, inspirado nas touradas, só tem três espaços externos utilizáveis, Cesar Alonso não conseguiu atingir os números necessários. "Não posso recontratar nenhum de meus empregados só para três mesas", explicou ele à Reuters. "Esperamos abrir na semana que vem para nossos amigos e clientes", complementou.

As infecções e mortes diárias pelo novo coronavírus despencaram desde o seu pico do início de abril, mas os equipamentos médicos estão escassos. Um carregamento de mercadorias procedentes da China, vindos de trem, é esperada para o fim de junho.

Comentários