Vítima de coronavírus, filha de Nelson Mandela é enterrada na África do Sul

Zindzi Mandela, de 59 anos, havia testado positivo para coronavírus na última segunda-feira

Por AFP

Enterro de Zindzi Mandela na África do Sul
Enterro de Zindzi Mandela na África do Sul -
Joanesburgo - Zindzi Mandela, a filha mais nova do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, foi enterrada em Joanesburgo, nesta sexta-feira, vítima do novo coronavírus - informou a imprensa local.
Seu filho Zondwa Mandela contou que sua mãe, de 59 anos, deu positivo para coronavírus e morreu no mesmo dia, na segunda-feira passada, em um hospital de Joanesburgo.
Em uma oração fúnebre na noite de quinta-feira, o presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, "agradeceu à família Mandela por este gesto muito importante de compartilhar esta informação com a nação".
"Isso também os doentes [de coronavírus] a serem aceitos pela sociedade", completou.
A África do Sul é o país mais afetado pela pandemia no continente, com mais de 324.000 casos confirmados, incluindo 4.669 mortes.

Comentários