- AFP
AFP
Por O Dia
Moscou - A australiana de origem russa Ekaterina Alexandrovskaya, campeã mundial de patinação artística em 2017, morreu aos 20 anos de idade depois de cair de uma janela em Moscou, anunciou seu treinador neste sábado.
A imprensa russa deu a entender que se tratava de um suicídio, citando um bilhete que teria sido deixado pela jovem.

O treinador de Alexandrovskaya, Andrei Khekalo, disse à AFP que ela caiu do sexto andar de um prédio no centro da capital russa. Em 2017, Alexandrovskaya foi o campeã mundial júnior ao lado do australiano Harley Windsor, primeiro aborígine a competir nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang-2018, onde a dupla terminou no 18º.

Windsor declarou que ficou "arrasado" com a morte de sua parceira, numa mensagem postada no Instagram. Os patinadores dissolveram a parceria em fevereiro passado pelos 'problemas de saúde" de Alexandrovskay, explicou Windsor.

Segundo o treinador da jovem, ela havia sido diagnosticada com epilepsia em janeiro e decidiu se aposentar. Antes desse diagnóstico, ele disse, ele já estava sofrendo de depressão.