Segundo autoridades, o homem tinha autorização para ter a arma - Reprodução
Segundo autoridades, o homem tinha autorização para ter a armaReprodução
Por IG - Último Segundo
Itália - Morreu nesta sexta-feira, o menino de sete anos que foi atingido por um tiro acidental enquanto o avô limpava uma arma em casa, informam fontes policiais e hospitalares. O falecimento foi confirmado às 15h (10h no horário de Brasília), seis horas após os médicos constatarem a morte cerebral.
Apesar das circunstâncias da morte ainda estarem sendo investigadas pela Procuradoria de Roma, que analisa o crime de homicídio culposo - quando não há intenção de matar - os investigadores acreditam que o caso tenha sido um "trágico acidente".
Publicidade
O episódio ocorreu nesta quinta-feira na casa do avô da criança, que tem 76 anos, na capital italiana. Segundo contaram as testemunhas, o menino e o pai foram à casa do idoso para uma visita e o tiro aconteceu, aparentemente, enquanto o homem manipulava uma arma calibre 9mm para limpeza.
O projétil atingiu a nuca da criança e, assim que ouviu o disparo, o pai dele que estava tomando banho, correu para o local e viu o menino caído no chão, telefonando imediatamente para a emergência. No hospital Policlínico Umberto I, ele passou por um procedimento cirúrgico na cabeça considerado muito delicado, mas não resistiu.
Publicidade
Segundo o jornal "La Repubblica", o avô da criança possuía a arma legalmente e se chama Pierdomenico Tozzi.