Papa Francisco - AFP
Papa FranciscoAFP
Por Ansa
Itália - O papa Francisco recordou neste domingo (23) o aniversário de quatro anos do terremoto que provocou mortes e destruição na região central da Itália, principalmente na cidade de Amatrice, no dia 24 de agosto de 2016.
"Renovo a minha oração pelas famílias e comunidades que mais sofreram, para que possam seguir em frente com solidariedade e esperança", disse ao final do ângelus.
Publicidade
O terremoto devastador de 6,6 graus na escala Richter ocorreu por volta das 03h36 (horário local), no dia 24 de agosto de 2016, com epicentro na cidade de Accumoli.
A Defesa Civil da Itália calcula que ao menos 299 pessoas morreram na tragédia. Somente em Amatrice, o município mais afetado, foram encontrados 235 corpos. Até hoje, a cidade tenta se reerguer dos destroços.
Publicidade
"Espero que a reconstrução se acelere para que as pessoas possam voltar a viver em paz nestes belíssimos territórios", acrescentou o Papa.
Durante a oração, o líder da Igreja Católica também lembrou as vítimas da pandemia de Covid-19 e suas famílias. "Não nos esqueçamos das vítimas do coronavírus", apelou.
Publicidade
A mensagem foi destinada, em particular, aos "voluntários, médicos, enfermeiros, irmãs, sacerdotes que perderam a vida" e todos os familiares que sofreram com a pandemia.
"Ainda esta manhã, ouvi o testemunho de uma família que perdeu os avós, sem se poder despedir deles, saudá-los, no mesmo dia. Tanto sofrimento, tantas pessoas que perderam a vida, vítimas da doença", relatou Francisco aos fiéis reunidos na Praça São Pedro.